Alexandre Oliveira

Bateria

Minha paixão pela música começou cedo influenciado pelo meu pai que me mostrou bandas como Metallica, Queen, The Doors, Led Zeppelin, Red Hot Chili Peppers e etc…

Aos 15 anos comecei a tocar bateria, na época além dos clássicos do rock bandas com som mais pesado já faziam parte do meu vocabulário musical. Logo comecei a fazer um som com alguns amigos e pouco tempo depois entrei para as bandas Dilúvio e Nihil, bandas que me trouxeram um amadurecimento musical muito grande, rodei parte do Brasil com essas bandas, tocando em festivais grandes e pequenos, dividindo palco com grandes artistas além de ir em alguns programas de TV e ganhar o PMMI (Prémio Mineiro de Música Independente) com as duas bandas. Me mudei para São Paulo em 2013 com a banda Nihil para tentar algo maior, lá tocamos em casas consagradas e assinamos contrato com uma gravadora, pouco tempo depois a banda acabou. Voltei para Belo Horizonte disposto a recomeçar, foi quando o Peter me convidou para entrar para a Raising Conviction e eu aceitei, em 2015 fui chamado para integrar a banda Tianastácia, com muitos compromissos acabei me desligando por um tempo da Raising Conviction, mas como a veia metal fala mais alto em 2019 por acreditar no potencial da banda acabei voltando, fizemos alguns shows e os próximos capítulos estão sendo “escritos”.

Em breve mais informações…